Palmeiras ainda incompreendido


Postagem 28/07/2020 00:10



A vitória do Verdão diante do Água Santa faz os torcedores questionarem o elenco Alviverde. Com razão, já que a bolinha que o time vem jogando é bem murcha pelo sarrafo do plantel.

 

Mas, o que estaria acontecendo com o clube do Allianz Parque? Quem nos acompanha sabe que o time desse ano é torto e ainda tem diversos problemas nos onze iniciais.

 

Luxemburgo ainda não decidiu quem é o meia central, embora, tenha parecido ser Lucas Lima. Ele tem insistido em Raphael Veiga pelas pontas, quando o melhor Raphael, emprestado ao Athletico do Paraná é o que joga próximo da área. O próprio comandante disse isso em entrevista.

 

Luxa também parece que voltou atrás com Zé Rafael como volante (Também com Patrick de Paula e Gabriel Menino, nem precisa mais dessa invenção, embora, eu tenha gostado). Mas, é bom entender que Zé, aquele do Bahia, é o que jogava aberto na esquerda, aonde Roni tem atuado hoje.

 

Sobre Roni que fez dois jogos ruins nessa volta e a defesa de Luxemburgo em comparação ao time do Furacão, no qual o atacante jogava anteriormente, ficou pior do que a bola do reforço de R$ 30 milhões. É melhor nem comentarmos. O time reativo e proativo de ambos os momentos, não tem nada haver com a fase do atleta. A declaração do técnico sobre o sistema defensivo do Água Santa é outra questão que nem devemos debater, vide a qualidade do elenco Verde.

 

Luxemburgo quase foi perfeito na escalação deste domingo (26). William de maior movimentação como 9. Pena que deu apenas 45 minutos para o teste. Do time titular diante do Água Santa, apenas uma modificação teria que ter sido feita: Scarpa na vaga de Veiga. Era o melhor Palmeiras para o momento.

 

Mas, Luxa quis por Scarpa na segunda etapa. E com as diversas movimentações após sair perdendo, o time ficou montado com: Gabriel Menino, pivote, Lucas Lima e Ramires, interiores, Scarpa e William abertos, mais Luiz Adriano centroavante. Que postura e que virada.

 

O problema desse time, que é bem ofensivo e com pensadores é que Luxa vai pensando os prováveis Palmeiras a cada jogo, ainda mais agora com cinco alterações. Com isso, não se tem uma ideia de time base.

 

Com boas peças, mas confuso. Por isso, o time segue incompreendido, seja pelos jornalistas ou pelos torcedores. Vamos aguardar, como será na quarta, diante do Santo André, em um jogo que não será possível errar.

 

Escolha seu Time

(16) 9 9756 - 1585

Av. José Fortuna, 497

Jr. Esporte Clube - Todos os direitos reservados © 2014