Erros de formatação de equipe, faz Palmeiras ser um time comum


Postagem 23/07/2020 19:55



Para decifrar o clássico, vitória do Corinthians, vamos entender como tem sido o ano de 2020. No primeiro jogo do Palmeiras na temporada, empate diante do Atlético Nacional, já detectamos que Zé Rafael não está habilitado a jogar como meia. Tanto que depois, Luxemburgo o trouxe para exercer um papel de duplo pivote.

 

Outra questão ainda do primeiro jogo no ano: Raphael Veiga e Lucas Lima ocupam os mesmos lugares em campo, com características diferentes. Sempre que ambos estiverem juntos, algum dos dois estará sobrecarregado. Vale lembrar que em entrevista coletiva o atual treinador já revelou que ambos disputam a posição.

 

Contra o Ituano, goleada por 4 a 0, o Palmeiras do segundo tempo, que encantou tinha: Ramires e Menino duplo pivote; Verón na esquerda; Lucas Lima centralizado; Dudu na direita e William centroavante. Foi um dos melhores times da atual temporada.

 

Podemos dizer também do pior Palmeiras de 2020 contra o Red Bull Bragantino. Naquela altura existiam as dúvidas de quem seriam os pivotes titulares. Quem seria o meia armador. Quem jogaria pelo lado esquerdo do ataque.

 

Chegamos ao jogo contra o Corinthians sempre da premissa que cada jogo é uma história, entretanto, não nos esqueçamos que as peças de um tabuleiro executam os mesmos movimentos. A defesa do palmeiras, seja ela por quem for formada, vai ser forte pelo modelo de jogo executado há um bom tempo. Lógico que as características vão de cada atleta, mas não podemos exigir muito mais do que foi feito. Aliás, é a melhor defesa do país nos últimos anos. A bola parada seguirá decidindo jogos e isso é o fundamento que precisa ser treinado, tanto ofensivo como defensivamente. O gol sofrido diante do Timão foi com a bola parada.

 

No meio campo, hoje, no atual elenco, existem três peças: Lucas Lima, Raphael Veiga e Allan. Esse último pouco joga, atuou na Flórida Cup e não tem tido oportunidades no time principal. Não conseguimos fazer uma análise concreta do quão útil seria. Já disse sobre isso: no 4-4-2, com o meia chegando no homem centralizado, Raphael Veiga é a melhor opção. No 4-3-3, com um armador, Lucas Lima é o escolhido. Contra o Timão foi Zé Rafael. Ele tem sido um destaque com Luxemburgo como volante. Mas, meia, nunca demonstrou ser efetivo. O bom Zé do Bahia é o aberto pela esquerda. Entretanto, importante destacar um círculo vicioso que o time tem: Sempre abrir as jogadas pelas pontas, se esquecendo que tem um atleta lá disponível para organizar melhor. Se for pra ser sempre assim, o mais interessante seria ter um pivote e dois interiores.

 

Já falei aqui de um Palmeiras torto em diversos jogos dessa temporada. Os erros do Verdão em 2020 é não respeitar o posicionamento e saber o que cada atleta pode render. Se seguir dessa forma, o clube irá continuar tendo um bom elenco, mas se esbarrando nas alternativas técnicas.



Vamos falar do centroavante: o exemplo aqui é lógico. Como o Palmeiras teve mais a bola no jogo, Luiz Adriano teria que ter buscado mais as jogadas do que Boselli. Ambos foram parecidos. As vezes temos a sensação que a bola não chega. Mas, falta a procura do centroavante para o jogo.

 

A escolha pelo trio de ataque: Rony, William e Luiz Adriano não é errada. Mas, hoje, o melhor 9 que o clube tem é William. Lógico que Veron, mesmo aos 17 anos vai fazer falta pelos lados. Mas, se for para ter alguém aberto pelos flancos teria que ser Gustavo Scarpa, um dos melhores do país naquele setor, que contribui com passe final e ainda é fazedor de gols.

 

O elenco do Palmeiras segue forte, mesmo com a perca de Dudu e algumas vendas. Mas é bem óbvio que as peças encaixadas no ajuste do time não funcionam e isso precisa ser mudado para os próximos jogos. Se persistirem as peças na qual fazem os movimentos já conhecidos atuando errado, o xeque mate poderá vir de qualquer time, mesmo que seja desestruturado e atravessando um momento ruim como o Corinthians da atualidade.

Escolha seu Time

(16) 9 9756 - 1585

Av. José Fortuna, 497

Jr. Esporte Clube - Todos os direitos reservados © 2014